Tuesday, 12 October 2010

Um treino chamado... Meia Maratona Sport Zone

No passado domingo voltei às competições, alinhando à partida para a Meia Maratona Sport Zone. Prova que inclui na sua totalidade uma parte do percurso da Maratona do Porto, esta meia tem vindo a afirmar-se como uma das melhores (e maiores) do país. Este ano deu-se a coincidência de se ter realizado escassos dias após a tradicional Meia Maratona de Ovar, facto que terá levado alguns atletas a optar por correr apenas uma delas. Foi o meu caso. Indo apenas a uma das meias, decidi ir à da RunPorto, não só por ser mais perto de casa, mas principalmente porque me permitiu continuar totalista, pois participei em todas as quatro edições da prova.

Apesar de ser uma prova de que gosto muito, o meu principal objectivo, este ano, não foi tanto o de fazer um bom tempo, mas de aproveitar para fazer um treino longo mais "puxado".

Não sabendo que a prova iria começar às 10.20h, cheguei por volta das 09.00h às zona da meta e, em vez de aproveitar os autocarros da organização que transportavam os atletas nos 6 km que separavam a meta do local de partida, equipei-me e comecei a correr. Fui até à meta em ritmo de maratona (5:00/Km) com a intenção de fazer um treino prévio à meia maratona de 10 km. Foi o que fiz.

Rolei calmamente e sem grande desgaste cumpri o objectivo. Como o início da prova se atrasou face ao que tinha previsto, acabei por ter cerca de 20 minutos de recuperação, tempo durante o qual me apercebi do grande fulgor mediático da mesma, pois eram imensas as personalidades que se lhe associaram (Vitor Baia, Rui Reininho, Ricardo Trepa, entre muitos outros e outras).

Sendo a prova apenas uma parte do treino longo do dia, não sabia bem que ritmo tentar impôr, pelo que me deixei ir num andamento que me parecesse confortável. Bom, a verdade é que comecei rapidamente a rolar a ritmos entre os 4:15 e os 4:20/Km. Pensei logo que seria um ritmo "suicida", mas a verdade é que me sentia muito bem, pelo que me deixei ir. Aos 7 km (primeiro terço da prova) levava pouco mais de 30 minutos!

Ia de tal forma entusiasmado que, interiormente, cheguei mesmo a acreditar que poderia vir a conseguir bater o meu record pessoal na distância. No entanto, a verdade é que o ritmo começou a baixar ligeiramente. Mesmo assim passei aos 10 km em 43:30 e com boas sensações no corpo. Nessa altura, ao passar no abastecimento, bebi um pouco de água e imediatamente comecei a sentir uma forte "dor de burro". Julgo que o problema terá sido o facto de eu ter bebido cerca de uma garrafa e meia de água durante a paragem entre o treino pré-prova e o início da corrida. Com o estômago cheio, aquele gole de água, aos 10 Km, terá sido o suficiente para uma indisposição que me obrigou a "travar" a fundo, tendo feito dois quilómetros a rodar na casa dos 5:00/km. Depois de passar a dor, tentei voltar ao ritmo anterior, mas aí foram as pernas que não deixaram, ressentindo-se do "peso" dos quilómetros já percorridos.

Nesta fase, e praticamente até ao final, rolei sempre entre os 4:40 e os 4:50/km, acabando a prova com um tempo final de 1h38m18s (no meu relógio).

No final, acabei por ter feito um treino de mais de 31 km, sendo que os últimos 21 foram percorridos em bom ritmo. Apesar de me ter sentido desgastado, consegui fazer uma boa recuperação, facto que me deixou bastante satisfeito.

A avaliação que faço do meu estado de forma diz-me que talvez esteja mais lento do que am anos anteriores, mas com um pouco mais de resistência, em contrapartido. Já falta menos de um mês para a Maratona do Porto, mas os sinais são muito positivos e a moral está alta.

Quero deixar uma palavra final para alguns amigos que encontrei. Ao Francisco Lobo, do Porto Runners e médico amigo, o meu obrigado pela compenhia durante os primeiros km. Ao Vitor Dias, os votos de boa recuperação depois do grande esforço. Ao Rui Pena, os meus parabéns pela prova e o lamento por não ter tido pernas para o acompanhar. Ao Mark, a minha satisfação por vê-lo a melhorar a forma de prova para prova. Ao Meixedo, aquela força para que ele decida mesmo correr a Maratona do Porto! Aos que lá estiveram, mas que não consegui encontrar (como é o caso do Miguel Torres, que descobri numa foto), um abraço!

21 comments:

Anonymous said...

Olá Miguel
foi um bom treino numa prova de que guardo boas recordações.
Continuação de bons treinos, a 7ª está batendo à porta.
Abraço.
António Almeida

MPaiva said...

Amigo António,

Obrigado pelas tuas palavras e faço votos de que consigas preparar bem a tua Maratona para que o dia 7 seja de festa para todos nós!

abraço
MPaiva

NS said...

Viva Miguel,

Gostei de correr no Porto, no ano passado, mas o aspecto logísitico falou mais alto e acabei por optar pela Moita.

Podes estar mais lento, mas 1h38 já com 10 km no lombo, só podem ser boas indicações para dia 7.

Força!

NS

MPaiva said...

Obrigado Nuno! Realmente fiquei satisfeito com o desempenho, pois fixei como objectivo tentar fazer a maratona num ritmo mais estável para conseguir acabar sem me "arrastar" penosamente como aconteceu nas duas anteriroes experiências.

abraço
MPaiva

Maria Sem Frio Nem Casa said...

Pois estava eu em cima do muro de máquina fotofráfica na mão, a ver "as vistas" e eis que na zona VIP um atleta alonga, aguardando a partida, de camisola de alças cujos costas mostravam em letras garrafais: Miguel Paiva.

- ...Miguel Paiva... é o M Paiva! Do blog, das "lambretas", que conheci se não me engano nesta mesma prova umas edições atrás! Quando eu corria Meias também, eh eh eh...


Miguel, acho que te apanhei (vê fotos 48, 49, 50 no site da AMMA)

BEijinho e até Novembro na Maratona

Ana Pereira

MPaiva said...

Ana,

Já as vi! Logo conto colocá-las on-line.
Já agora, vê lá se treinas, pois quero ver-te novamente a dar corda aos sapatos!

bjs
MPaiva

Vitor Veloso said...

Amigo Miguel,
Meia Maratona que um dia gostaria de participar, numa cidade magnifica, pena e de ser tão Longe!!
Parabéns por mais um treino/prova a caminho da Maratona, grande forma que apresenta.
Continuação de bons treinos.
Ate breve, encontra-nos no Porto.
Abraço Vitor

Rui Pena said...

Boas Miguel...

Afinal a tua 1h38 tinha uma razão de ser... acho mesmo que com 10km antes da meia maratona, o teu desempenho foi excelente.

Acho também que temos um leque de bloggers que vão andar a puxar uns pelos outros e que terão as 3h30 como principal objectivo (Eu, tu, o Ricardo, o Almeida, o Veloso... e ainda haverá mais... o Meixeido?? ... tu, bem podes colocar a fasquia um pouco mais acima... mas não muito para que depois não corra mal...

Abraço

joaquim adelino said...

EhEhEh, o Rui está bastante otimista com toda aquela rapaziada, mas perdoo-lhe por se ter esquecido de mim e agradeço-lhe ao mesmo tempo, senão ainda me punha a correr também para as 3,30h!!!!
Caro amigo Miguel quero dizer-lhe que está numa excelente forma e parece-me que este ano nem a Ponte D. Luís vai chegar para nos encontrarmos na 1ª passagem, oxalá que o Meixedo consiga recuperar a forma e consiga acompanhá-lo tal como o fez o Ano Passado.
Abraço e bons treinos.

luis mota said...

Olá Miguel!
Parabéns pelo treino que aponta para uma bela marca na Maratona.
Este ano a rapaziada anda toda a apontar para a 3.30. Mas eu acredito que vão baixar.
O João Meixedo já nos habituou a grandes surpresas. Eu vi-o em grande ritmo em Ovar. Vamos ter mais um para o balão das 3.30, ou menos!
Boa semana com alguns bons kms.
Luís Mota

João Paulo Meixedo said...

Tás em grande, caro amigo, e vais bater o teu recorde da Maratona; não tenho nenhuma dúvida.
Quanto a mim, lá me vou arrastando, mas ... inscrevi-me ontem na Maratona.
Abraço

MPaiva said...

Vitor,

Estando na Maratona do Porto vais conhecer o percurso desta meia, pois ele está todo lá no meio.
No dia 7 conto contigo e em boa forma!

abraço
MPaiva

MPaiva said...

Rui,

Fiquei um pouco chateado com a dor de burro, mas mesmo assim fiquei satisfeito com o desempenho.
Quanto ao dia 7, acredito que estando "todos no mesmo barco" vamos criar um ambiente de entreajuda que nos vai permitir atingir os objectivos. Pelo menos a corrente já está forma e traz energias muito positivas!

abraço
Mpaiva

MPaiva said...

Joaquim,

Realmente o Rui é tramado! De qualquer forma foi um esquecimento justificado pela fogosidade trialtlética que lhe perdoamos!
No dia 7 espero que nos consigamos cruzar, seja na ponte D. Luis ou noutro local qualquer, piois esses cruzamentos são sempre momentos de forte incentivo e que muito ajudam nas fases mais críticas.

abraço
MPaiva

MPaiva said...

Luis,

Pelo que estou a ver dos teus resultados ainda vou ter de reformular o meu objectivo, que passará a ser o de chegar com menos de uma hora de atraso face ao Luis Mota!

abraço
MPaiva

MPaiva said...

João,

Obrigado pelo voto de confiança. Veremos se na hora da verdade as coisas vão sair como queremos!
Quanto à novidade que deixaste aqui em primeira mão, fico muito contente pela confirmação da tua presença no dia 7, mas espero que não me leves a mal se disser que não me conseguiste surpreender!

abraço
MPaiva

Ricardo Baptista said...

Olá Miguel,
A minha confiança para baixar as 3h30 no Porto é maior devido à qualidade dos atletas presentes com os mesmos objectivos.
E vê se fazes as pazes com a água e com as bebidas desportivas.
Um abraço, bons treinos.

MPaiva said...

Ricardo,

Tu também és um dos (principais) elos da tal "corrente" de que falava acima, por isso vê lá se apareces com aquela garra de Bienne!
Quanto às minhas "birras" com a bebida e a alimentação, imagina lá que no último fim de semana, ao fazer as compras da mercearia para a casa, acabei a comprar uma embalagem de cubos de marmelada, já a pensar na Maratona. Desta vez acho que não vai ser por aí que as coisas vão correr mal!

abraço
MPaiva

Mark Velhote said...

Viva Miguel,

Além da corrida também já reparei que andas virado para a Canoagem! :D
Conta-nos tudo! eheh

Parabéns pela prova/treino que é um balão de ensaio importante para a Maratona. Nesta altura já fizeste o mais importante que foi treinar adequadamente.
Boa sorte com a questão da alimentação que é meia-prova.Sei que custa perder segundos, mas no teu caso eu até arriscaria marchar durante a ingestão para evitar eventuais percalços relacionados com este aspecto. E comer/beber (pouco) aos 10 , 20 e 30Ks.

Só corri 2 e até já me sinto em condição de dar conselhos! eheee

Grande abraço
Mark

MPaiva said...

Mark,

O tempo tem sido pouco, o que me tem deixado poucas hipóteses de ir actualizando mais vezes o blog. De qualquer forma ainda vou ver se conto alguma coisa dessa aventura!
Quanto à maratona, estou moderadamente confiante de que irá correr melhor do que as duas anteriores, mas nestas coisas só quando chega a hora da verdade é que sabemos...

abraço

MPaiva

NS said...

Viva Miguel,

Passei só para te desejar boa prova para domingo. Que o recorde caia, mas acima de tudo que faças jus ao endereço do teu blogue: run is fun!

Abraço,

NS

PS - À hora da prova estarei a aventurar-me pela primeira vez num treino de 30 km....

 
Free counter and web stats