Monday, 27 December 2010

S. Silvestre do Porto

Ontem participei na S. Silvestre do Porto. A tradicional prova que encera o ano de corridas na cidade do Porto foi, como habitualmente acontece, um êxito de participação, seja de atletas (acabaram quase 2.300), seja de público, que encheu as ruas de alegria apoiando os atletas num noite muito fria de inverno.

A minha prova correu tal como esperava. Praticamente sem treinar há mais de um mês, não havia nenhumas expectativas quanto ao resultado final. Apenas interessava correr com alegria entre toda aquela gente e fazer o melhor possível.

Parti mesmo à frente, pelo que fiz os primeiros metros bastante rápido, empurrado que fui pela multidão que arrancava cheia de força. No final da descida inicial da Avenida dos Aliados e quando o percurso começava a primeira dolorosa subida até ao Marquês o ritmo desceu vertiginosamente. As dificuldades eram grandes e nessa fase fui ultrapasaddo por largas centenas de atletas. Era incrível!

Depois do Marquês consegui estabilizar num ritmo razoável e deverei ter mantido a minha posição entre o pelotão. Nessa fase, e já em plena descida para terminar a primeira volta ao percurso, fui ultrapassado pelo Rui Pena, que ia em bom ritmo e que só voltaria e ver no final!

A segunda volta começa com os dois terríveis quilómetros entre as Estação de S. Bento e o Marquês. É uma subida de elevado grau de dificuldade, praticamente sem pontos de descanso e com elevado grau de inclinação. Mais uma vez fui ultrapassado por bastante gente (embora muito menos do que na primeira volta). A chegada ao Marquês é um momento de alívio! A partir daí são três quilómetros a descer, pelo que apenas me deixei ir até à meta.

Acabei a prova com 46m32s, o meu pior tempo dos últimos anos, o que penaliza a falta de treinos desta fase. Veremos se no início de 2011 consigo conciliar melhor todas as minhas actividades e dedicar um pouco mais de tempo à corrida!

15 comments:

luis mota said...

Olá Miguel!
Nesta época o mais importante é estar presente e terminar o ano em festa. Para tempos teremos muitas provas na Primavera.
Gostaria de ter estado no Porto para o ano, se não for a 31 de Dezembro, provavelmente repetirei a presença nessa emblemática prova da cidade invicta.
Votos de um bom ano para ti e para os teus familiares,
Luís mota

Fernando Andrade. said...

Não foi mau de todo, Miguel, para quem recomeça e depois de um mês sem treinar. Sentiste mais, porque saiste "disparado". Tal como o Mota, também tenho pena de não ter estado no Porto, mas a coincidência de datas lixou tudo.
Grande Abraço e um excelente 2011.
FA

MPaiva said...

Luis,

Foi exactamente isso que pensei. Mais do que pensar em grandes tempos, o importante é fazer parte de uma festa bonita e especial que é sempre a das S. Silvestre!

Grande abraço
MPaiva

MPaiva said...

Fernando,

No início fui disparado, mas apenas para não ser atropelado pela malta toda que vinha atrás de mim. De qualquer forma, logo que viramos ao fundo dos Aliados entrei no meu ritmo e deixei-os ir!!!
Grande abraço para ti e votos de um Bom Ano 2011!

MPaiva

Rui Pena said...

Boas Miguel...

... Também acho que é importante estares presente nestas coisas. Gosto sempre de te ver.

Abraço e bom 2011,

Rui

Flechinhas said...

A perseverança é uma das principais caracteristicas que nos caracteriza a nós atletas. Tenho a certeza, por isso, que te vais levantar e ter um ano de 2011 repleto de sucessos pessoais e desportivos!
Abraço
Duarte Silva

MPaiva said...

Obrigado Rui! Acho que percebes que esse sentimento é mutuo!

abraço
MPaiva

MPaiva said...

Duarte,

Quanto o atletismo se entranha em nós é muito difícil, senão impossível, que o desânimo nos vença!

abraço
MPaiva

Mark Velhote said...

Viva Miguel,

Sem treinos o importante era mesmo participar e terminar o ano em beleza com uma das nossas provas preferidas!
Espero ver-te em Santo Tirso no próximo Domingo também para iniciar 2011 da melhor maneira.

1 abraço e Boas Entradas
Mark

Novais said...

Quem corre, mesmo sem grandes expectativas, quer sempre melhorar. mas sem treinar é um pouco mais difícil.
Cheguei um pouco mais atrás mas mesmo assim fiquei satisfeito.
É sempre bom voltar a ler as crónicas das corridas após a Maratona.
Melhores provas virão.
parabéns

MPaiva said...

Mark,

Ainda não tenho certo estar presente em Santo Tirso, mas em Gaia é praticamente certo! Por isso, se não for numa, será na outra que nos vamos cruzar.

abraço
MPaiva

MPaiva said...

Novais,

Antes de mais, um cumprimento especial pelo primeiro comentário (pelo menos que eu me lembre!!!).
É bem verdade aquilo que diz. Gostamos sempre de melhorar as nossas performances, mas há momentos em que isso não é possível, pelo que a simples participação é algo que devemos valorizar.
Quanto à maratona... bem, quanto à maratona a atitude certa é de a respeitar sempre e focar o pensamento na próxima!

abraço
MPaiva

joaquim adelino said...

Grande amigo Paiva, antes de mais o meu obrigado pelas palavras sempre demasiado elogiosas que deixa no meu blogue. Os parabéns pela boa prova de S.Silvestre no Porto, com aquelas dificuldades acho que foi muito bom.
Por fim desejo-lhe um grande Ano de 2011 parasi e para a família e amigos.
Abraço

MPaiva said...

Joaquim,

Receba um grande abraço meu, embrulhado nos votos de um excelente ano 2011 que espero chegue com o anunciado aumento da família e se desenvolva com muita saúde.

abraço
MPaiva

João Paulo Meixedo said...

Caro amigo, só agoira li a reportagem acerca da maratona. Do assunto já tínhamos falado e como nos dias subsequentes nada escreveste, pensei que não havia post sobre a coisa. Marcante!
Um abraço e um excelente 2011.

 
Free counter and web stats