Monday, 27 April 2009

7ª Corrida do 25 de Abril - Gondomar


O tão ansiado regresso à competição, depois da lesão que me apoquentou, aconteceu no passado sábado em Gondomar, na 7ª Corrida do 25 de Abril. Tinha prometido a mim próprio que iria fazr uma corrida em ritmo confortável, sem forçar demasiado. O objectivo era começar a ganhar novamente o ritmo de competição e ver a reacção do corpo.

Como habitualmente o dia começou cedo. Acordei às 06.30h para tomar o pequeno-almoço, um ritual que gosto de cumprir cedo para dar tempo de fazer correctamente a digestão. Tinha combinado seguir para Gondomar de boleia com o Mark Velhote, amigo blogueiro. Assim fizemos, o que nos permitiu conversar um pouco pelo caminho e começar a esboçar algumas provas de grande porte no futuro (quem sabe uma grande maratona internacional no próximo ano...).

Chegamos cedo ao local onde já estava montada a habitual máquina organizativa da RunPorto. Tivemos tempo de assistir à exibição da Fanfarra dos Bombeiros locais que fizeram as saudações às entidades oficiais na Junta de Freguesia de S. Cosme.

Depois do aquecimento, era tempo de nos prepararmos para a saída. O número de atletas não era muito elevado, o que nos permitiu sair na linha da frente. O Mark avançou lesto junto com os primeiros enquanto que eu liguei o "piloto automático" num ritmo que estimo rondasse os 4:15 (não tenho a certeza, pois os Km não estavam marcados e, desta vez, não tinha relógio com GPS). Fiz a prova sem grandes oscilações de ritmo, a não ser aquelas a que fui forçado pelas inúmeras subidas e descidas do percurso.

Apesar dessas variações altimétricas, não senti grandes quebras nas subidas, o que me surpreendeu um pouco! Por outro lado, nas descidas sempre conseguia alargar um pouco o passo, conseguindo assim ganhar algum terreno!

Conclui a corrida no tempo oficioso de 37:03 cronometrados no meu relógio. Segundo o Mark, que controlou o percurso com o seu GPS, a distância total era de 8.770 mts. Não sei se por ter extrapolado os tempos para a distância anunciada de 9.000 mts, a verdade é que acabei com o tempo oficial de 37:52, no 63º lugar da classificação geral, num total de 310 atletas chegados à meta.

O balanço é claramente positivo. Senti-me bem e acabei por fazer um tempo bem razoável (média de 4:12/Km) para as minhas actuais possibilidades.

12 comments:

António Almeida said...

Olá Miguel
excelente o teu regresso à competição e com um tempo muito bom, se bem que o mesmo não fosse importante, imagino eu.
Continuação de boas corridas.
Grande abraço.

Ricardo Baptista said...

Olá Miguel,
4'12''/Km é um tempo razoável... Eu acho que é um tempo excelente, mas para dizeres isso é porque te estás a sentir mesmo muito bem. Diz-me uma coisa, porque eu imagino que o grande objectivo deste ano seja a maratona do Porto, objectivo para que tempo?
Bons treinos, boas provas.

MPaiva said...

Ricardo,

Sim, o grande objectivo do ano é a Maratona do Porto. Qual o objectivo de tempo? Para já é cedo para dizer, mas gostava de baixar uns 15/20 minutos ao tempo do ano passado.

Vamos ver em que condições consigo chegar lá!

abraço
MPaiva

BritoRunner said...

Excelente regresso à competição, o ritmo foi ótimo, mas o não teres sentido dores foi o melhor.
Relativamente aos grandes projectos internacionais para o futuro se passarem por uma Maratona de Top sou todo ouvidos... :)

JCBrito

runningirl said...

Miguel

Welcome back to competitions. Congratulations. What an excellent results!

Take care,
Sandra

João Meixedo said...

4:12 nunca eu fiz em distânia alguma.
E o lesionado sou eu?? Einh?

luis mota said...

Olá Miguel!
Parabéns pelo excelente regresso à competição.
O tempo é muito bom mas o regresso sem dor é o mais importante.
Votos de boas corridas,
Luís Mota

Fernando Andrade. said...

Grande Miguel
Se o recomeço aponta para 4,12/km, como é que isso será daqui a uns mesitos?!
Temos atleta.E de topo !
Grande abraço.
FA

NCBB said...

Parabéns pela prestação e pelo Blog.
Está muito bom.
NCBB

joaquim adelino said...

Parabéns amigo Miguel.
Melhor que o resultado foi verificar que a lesão ou o impedimento de correr já está debelado. Oxalá assim continue por muito tempo.
Abraço.

José Alberto said...

Olá Miguel,

Os meus parabéns pelo regresso, e em grande.

Vai ver que depois de tudo ter passado e se sentir completamente recuperado, ficará mais forte.

As experiências, principalmente as menos boas, ensinam-nos muito e orientam-nos para o futuro.

Continuação de bons treinos e de boas provas.

José Alberto

Carlos Lopes said...

Ola Miguel

Parabéns pelo regresso e vens em boa forma

 
Free counter and web stats