Saturday, 27 December 2008

Competição

Dois meses e dois dias depois irei regressar amanhã à competição, participando na 15ª Corrida de S. Silvestre da Cidade do Porto. Será a primeira vez que irei correr pela equipa do Ginásio Clube Vilacondense, integrando um conjunto liderado por Baltazar Sousa e que deverá apresentar, comigo incluído, seis atletas à partida.

Durante este tempo treinei bastante (e creio que bem!), com a excepção de um um período de cerca de dez dias em que estive impedido de correr por razões de saúde. Neste momento sinto-me razoavelmente bem e acredito que serei capaz de fazer uma boa prova.

Assim, para além de disfrutar da prova, o que é sempre garantido na S. Silvestre do Porto pelos motivos que já apresentei aqui, os meus objectivos são, por esta ordem:
1.- Melhorar o tempo conseguido no ano passado;
2.- Bater o meu record pessoal dos 10 Km;
3.- Ficar o mais próximo possível dos 40 minutos.

O primeiro objectivo é praticamente garantido que será alcançado, bastando que nada de anormal aconteça e que me impeça de fazer uma prova sem precalços. O segundo, acredito que também é alcançável, embora o tipo de percurso, com subidas importantes, não favoreça tempos de grande valia. Já o terceiro objectivo fica no âmbito do "sonho", que existe para isso mesmo: para que tenhamos sempre algo por que lutar!

Amanhã conto-vos como correu!

3 comments:

Maria Sem Frio Nem Casa said...

Miguel Paiva,

Desejo-te uma excelente S.Silvestre, nessa linda cidade, onde eu gostaria de estar.

Uma óptima prova.

Ana Pereira

João Meixedo said...

Acabado de correr a S. Silvestre de Gaia, na companhia do Mark Velhote; digo-te que o meu objectivo para amanhã é apenas igual ao teu primeiro. O segundo não é para já, e o terceiro é para nunca.
Se não nos encontrarmos, boa prova ... e se nos encontrarmos, também :)
Abraço.

joaquim adelino said...

Amigo MPaiva
Pelo que observei em Tomar e se tudo correr bem vai fazer um excelente tempo. Agora é preciso cuidado com os empecilhos que nesta altura sempre aparecem: ficar fechado no pelotão, envolvimento em quedas colectivas, atacadores dos sapatos mal atados, excesso de ritmo no início das provas,etç. O melhor mesmo é arranjar uma lebre com os mesmos objectivos ou então controlar muito bem as passagens a cada km. Bem e agora boa sorte.
Um abraço e um feliz Ano de 2009

 
Free counter and web stats