Monday, 1 December 2008

Novembro

Depois da Maratona do Porto, o mês de Novembro anunciava-se mais calmo em termos de treinos. Com efeito, era suposto que houvese uma pequena pausa na autêntica revolução nos meus hábitos de corrida que fiz para me preparar para a maratona.
Pois é, se alguém esperava que isso acontecesse enganou-se redondamente.

O mês foi assim:

- Nº. de treinos: 25
- Nº. de provas: 0
- Nº. de dias de descanso: 5
- Nº. de Km percorridos: 310
- Nº. de treinos de séries: 7
- Nº. de treinos com rampas: 4
- Nº. de treinos longos: 3 (entre 18 e 21 Km)
- Tempo de corrida: 24h 37m 01s
- Tempo médio por Km: 4m 46s
- Treino mais longo: 21 Km
- Treino mais curto: 7 Km

Em termos físicos tenho-me sentido relativamente bem, com a excepção para uma ligeira dor muscular que, segundo me dizem, poderá indiciar uma pubalgia. Estou a tentar superar esse problema realizando alguns estiramentos, que espero resultem. De qualquer forma o problema para já é muito ligeiro, não me prejudicando a corrida.

6 comments:

Carlos Lopes said...

Treinos calmos?? muito bom, .. abraços

luis mota said...

Olá Miguel!
Belo programa de treinos.
A pubalgia é por vezes relacionada com um problema na inserção dos músculos mais potentes das pernas, num pequeno espaço, na zona púbica
Além dos alongamentos dos músculos dos membros inferiores deves efectuar mais variedade de exercícios de reforço da parede abdominal, que ajudam a corrigir e aliviam a dor, uma vez que também fazem a inserção na zona púbica.
O que eu faria: Aquecimento; Alongamento dos músculos dos membros inferiores; encurtamento do recto abdominal e dos abdominais transversos.
Grande abraço,
Luís Mota

João Meixedo said...

inspiraste-me para um post, mas o meu vai ser mais curto.
Quanto à pubalgia, sem querer desmoralizar: demorei 9 meses a curar uma, mas treinava futebol 2 a 3 vezes por semana e não parei.
Até breve.

joaquim adelino said...

Amigo Miguel
Isso ainda são mazelas que ficaram e que irão desaparecer com o desenrolar do tempo e dos treinos controlados.
Entretanto siga os conselhos do Luís que poderão ser uma boa ajuda.
Disseram-me que esteve em Samora Correia, e não correu?
Receba um abraço.

MPaiva said...

Caro Joaquim,
Deve ter sido um sósia meu que esteve em Samora Coreia, até porque, se lá estivesse, teria corrido nem que fosse ao pé-coxinho!
abraço e até Tomar!
MPaiva

Marco Antonio said...

ola amigo miguel tudo bem? passei para responder ao comentario!
sim gostei do meu tempo mas ainda heide consegir fazer melhor! quanto ao seu post, n sei bem qual o probelema em questão mas siga os conselhos do Luis, tenho a certeza de que sabe do que fala, obrigado plo comentario!

um abraço!
Marco Paivab

 
Free counter and web stats