Sunday, 26 October 2008

Impressões gerais sobre a Maratona do Porto

A partir de amanhã estarei ausente por uma semana em gozo de férias. De qualquer forma quero, antes de partir, deixar algumas palavras sobre a Maratona do Porto, prova que conclui no final da manhã de hoje.

Em primeiro lugar, como devem calcular, sinto uma grande satisfação em ter conseguido atingir um objectivo que andava na minha cabeça há, precisamente, um ano. Para além disso, fi-lo num tempo que tinha definido como sendo "Bom". Foram 3 horas, 38 minutos e 48 segundos de corrida praticamente ininterrupta que fizeram de mim MARATONISTA!

Em segundo lugar gostava de dizer que a prova, em si mesma, me correu bastante bem. Para quem fez fez algum estudo sobre o que significa correr uma Maratona, das dificuldades que se sente para conseguir fazer a distância, do "muro", dos sacrifícios, muitas vezes, desumanos, considero que as coisas me correram muito bem e, tendo feito um grande esforço, não cheguei a testar os meus limites.

Em terceito lugar é importante referir que senti a diferença entre o que significa correr uma Maratona e qualquer outra distância (inferior, é claro). Na Maratona, pelo menos no pelotão, sente-se um maior espírito de companheirismo e de apoio entre os atletas do que nas outras distâncias. Julgo que o respeito que todos sentem pela distância e a noção de que ganhar uns segundos num abastecimento outra situação do género de nada vale, os torna mais disponíveis para si e para os outros. Para além disso, tudo acontece a um ritmo mais lento e, por isso mesmo, que nos permite saborear melhor a prova.

Em quarto lugar quero deixar uma palavra especial para alguns amigos dos blogues que conheci durante este fim de semana e cujo apoio e incentivo foram fundamentais. Entre eles refiro o Luis Mota, o António Almeida, que se estrearam na distância comigo, a Ana Pereira e o Fernando Andrade. A todos deixo um forte e sentido abraço.

Finalmente quero realçar a excelente organização da Maratona do Porto, cujo trabalho contribui fortemente para que os atletas se sintam bem e alcancem os seus objectivos. Desde a ExpoMaratona, durante a qual foram entregues os dorsais, a Pasta Party, a partida, os abastecimentos ao longo do percurso e o apoio no final aos atletas, tudo foi excelente. Ao Jorge Teixeira, líder de uma vasta equipa que faz das provas do Porto uma referência nacional e já internacional no atletimo, fica aqui o meu sincero obrigado por tudo o que tem feito.

2 comments:

Carlos Lopes said...

Deixo os meus parabéns por entrar no Grupo dos maratonistas. Admiro quem o tenho feito, ainda falta isso no meu currículo de atleta amador.. Parabéns

luis mota said...

Olá Miguel!
A perfeita descrição para o que foi a Fantástica Maratona do Porto.
Luís Mota

 
Free counter and web stats