Monday, 6 October 2008

Meia Maratona de Ovar

No Domingo de manhã, tal como previsto, apresentei-me em Ovar com o objectivo de correr a 20ª edição da Meia Maratona local e aliar à prova um treino longo para o grande objectivo deste ano: a Maratona do Porto.
Cheguei a Ovar cerca das 8.45h da manhã. O movimento de atletas nas ruas do burgo, que se encontravam repletas de faixas publicitárias, era imenso, dando um colorido especial e criando um ambiente excelente.
Fui levantar o meu dorsal e por volta das 09.10h comecei o meu treino. Segui pelas ruas de Ovar e por uma parte do percurso a um ritmo bastante baixo (cerca de 5:30/Km) até perto do início da corrida. Não sei ao certo que distância corri, mas estimo que tenha feito uns 8 Km.


Podium masculino


Como as 10.00h estavam a chegar, dirigi-me para a linha de partida, que nessa altura já estava totalmente inundada de atletas. Os inscritos para a Meia Maratona eram cerca de 2.000, um número notável numa prova que decorre numa cidade de pequena dimensão, o que mostra a qualidade e a credibilidade do trabalho desta organização.

A minha prova correu bastante bem. Não estando preocupado com o lado competitivo, comecei a corrida bem atrás, tendo feito o primeiro quilómetro em 5:40. É verdade que tinha decidido imprimir um ritmo calmo, mas este tempo ficava a dever-se à imensidão de atletas, que não deixavam andar mais depressa, mesmo que quisesse. A partir do segundo quilómetro a estrada começou a ficar mais "transitável" e fui corrigindo o andamento de forma a estabilizar na média de 5:00/Km. Foi assim que segui até ao 5 Km, onde já passei com cerca de 15 segundo abaixo do estipulado (25:15). Nessa altura encontrei o Prof. Fernando Marinho, um vilacondense com larga experiência nestas coisas, que me fez companhia até cerca dos 11 Km. O objectivo dele era fazer a prova num ritmo não superor aos 5:00/Km e eu aproveitei a boleia.
A conversa foi muito interessante, pois deu-me algumas dicas para a prova da maratona que, certamente, me serão muito úteis.
Fomos nesse ritmo até ao abastecimento dos 10 Km, onde chegamos colados à média de 5:00/Km, num tempo por volta dos 50 minutos. Prevenido com uma saqueta de gel, prosegui a minha habituação à substância, aproveitando para a ingerir nesse momento da prova. Tal como tinha acontecido no treino desta semana, a experiência correu bem, não tendo havido qualquer efeito colateral negativo.
Passada a confusão do abastecimento e da toma do gel, estavamos quase a chegar aos 11 Km e o relógio prestes a marcar os 55 minutos. Como me sentia muito bem e com força, decidi testar o meu estado de forma e avançar mais um pouco. Despedi-me do meu colega de prova e avancei para ritmos um pouco mais fortes. A passada estava solta e o corpo reagia muito bem. Passei aos 14 Km em 1:08,00, tendo conseguido recuperar quase 2 minutos desde que começara a acelerar.
Entretanto, o percurso também ajudava à progressão, pois aliava a frescura dos pinhais à beleza da zona de veraneio da praia do Furadouro. Para além disso, a presença de bastante público, principalmente junto à praia e na cidade de Ovar ajudavam à motivação.
Os quilómetros foram passando e o ritmo, com ligeiras oscilações, ia-se mantendo na casa dos 4:30/Km, o que me fazia recuperar imensas posições. A certa altura fiz umas contas simples e cheguei à conclusão de que seria possível conseguir concluir a prova num tempo final abaixo de 1:40,00. Sem que tivesse grandes objectivos traçados para esta prova, como disse no início, não deixei de aproveitar essa circunstância e, como me sentia bem, deixei-me avançar assim até ao final. Desta forma consegui cortar a linha de meta com 1:39,27, no lugar 920º entre os 1700 atletas que chegaram ao final.

O balanço final é muito positivo. Para além de me ter sentido bem ao longo de toda a prova, consegui terminar em crescendo, fazendo o último terço da corrida em cerca de 31m30s, o que é bastante bom. Quanto ao resto, o corpo continua em excelentes condições, não havendo dores ou outro tipo de preocupações a registar, o que dá excelentes indicações para a Maratona do Porto.



Podium feminino


Quanto à prova, é justo deixar uma palavra de forte apreço aos organizadores. O percurso é excelente, a cidade interage com a prova, incentivando e apoiando os atletas, o que é raro acontecer na maior parte das provas que tenho participado, nas quais a população parece bastante alheia ao esforço dos atletas. No final aqueles que alcançam a meta são brindados com um saco de brindes bem interessante, que, só por si, já dá um retorno altamente positivo ao investimento feito na participação!

7 comments:

António Almeida said...

Caro MPaiva

o resulatdo foi muito bom mas o melhor foi o excelente teste para a "Grande Prova" no próximo dia 26, felizmente que correu bem, era crucial, ou quase, que assim fosse (como bem sabe).
Continuação de bons treinos e dia 26 lá estaremos.
Abraço,
António Almeida

Nuno said...

Força nos treinos e no descanso, já falta pouco para os 42 km.
Em principio estarei lá a partida.
1 Abr

Fernando Andrade. said...

Amigo Paiva
Fazer uma prova de trás para a frente, deixa-nos sempre mais confiantes e, a maioria das vezes, os resultados são melhores.
Quanto ao tempo realizado, de facto, devia ter sido próximo do meu. O relógio da meta, à minha chegada, marcava 1,39,05. O meu -que apontava o tempo real - marcava 1,38,03. Mas isso...
o importante é ir "metendo" carga para a Maratona do Porto.
Lá nos encontraremos.
Abraço.
Fernando Andrade

Carlos Ferreira said...

Caro amigo Paiva,

A sua meia de Ovar foi excelente. Há muito tempo que tenho o desejo de experimentar esta prova mas todos os anos pelas mais variadas razões não tenho conseguido participar. A sua descrição da prova ainda aguçou mais o meu apetite. Para o ano vou fazer força para conseguir ir a Ovar. Boa continuação dos treinos para o Porto.

BritoRunner said...

Obrigado MPaiva pelo comentário ao blogg, que ainda está no início e por isso mesmo com algumas dificuldades técnicas, em breve melhorará de nível.
Queria desejar-lhe uma boa Maratona doi Porto e agora que a maioria do trabalho já está feito bom descanso até lá.

JCbrito

partridgeusa said...
This comment has been removed by the author.
partridgeusa said...

Obrigado por me adicionar no seu blog e pelo seu comentario.

Te desejo boa sorte na sua proxima maratona do dia 26. Eu estarei correndo a da Marine Corps em Washington no mesmo dia.

Como voce disse, e mesmo uma loucura correr duas maratonas em em um espaço de 2 semanas mais gosto de desafios.

Escreverei sobre estas duas corridas brevemente.

Boa sorte outra vez. Voltarei ao seu blog para ver como foi o seu desempenho.

Um abraço
Sandra

 
Free counter and web stats